GLICOFORT 60 COMPRIMIDOS

Dietmed

€28.25 

GLICOFORT | 60 COMPRIMIDOS

 

 


Na Regulação da Glicémia. 
Modulador ativo da função da insulina. 
Para um sistema cardiovascular saudável. 
Na Diabetes. 

 

 

INGREDIENTES

Óxido de magnésio, Vaccinium myrtillus (Mirtilo; extrato concentrado do fruto contendo pelo menos 25% de proantocianidinas), Opuntia ficus Indica (Neopuntia®; extrato seco do Nopal), Cinnamomum zeylanicum (Canela; extrato seco 20:1), agente de volume: celulose microcristalina, quercetina, antiaglomerante: estearato de magnésio, óxido de zinco, antiaglomerante: dióxido de silício, colecalciferol, cloreto de crómio.

 

COMPOSIÇÃO

(2 comprimidos) 
Mirtilo (25% proantocianidinas) 320 mg, Neopuntia® 200 mg, Canela 150 mg (eq. a 3 g), Quercetina 70 mg, Magnésio 375 mg (100% VRN*), Zinco 10 mg (100% VRN*), Crómio 40 µg (100% VRN*), Vitamina D 5 µg (100% VRN*). 

* Valor de Referência do Nutriente.

 

MODO DE USAR

1 comprimido 2 vezes ao dia, de preferência antes das refeições.

 

UTILIZAÇÃO EM CASO DE GRAVIDEZ E LACTAÇÃO

Só após conselho de um técnico de saúde.

 

CONTRAINDICAÇÕES

O uso prolongado de crómio pode levar à irritação cutânea, dor de cabeça, tonturas, náuseas, alterações de humor e dificuldades de pensamento, julgamento e coordenação. Doses elevadas estão associadas a efeitos mais severos como os distúrbios sanguíneos, lesões renais ou hepáticas. Os indivíduos diabéticos devem monitorizar os valores de glucose. O crómio e o magnésio não devem ser tomados em excesso por indivíduos que tenham problemas renais ou hepáticos. O excesso de magnésio pode afetar o regular batimento cardíaco, reduzir a pressão arterial e causar confusão mental. Doses excessivas de zinco podem causar febre, tosse, dor gástrica e fadiga. O zinco não deve ser usado em indivíduos com HIV. A vitamina D não deve ser usada na sarcoidose e na histoplasmose. Os doentes que vão ser sujeitos a uma cirurgia devem parar a administração de mirtilo e canela pelo menos 2 semanas antes, devido à influência nos níveis de glicémia durante e depois da cirurgia.

 

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS E OUTRAS

O crómio interage com a levotiroxina e deve-se evitar o uso concomitante com anti-inflamatórios não esteroides (AINES). Também pode reduzir a absorção de cobre e ferro por parte do organismo. A toma conjunta de vitamina C favorece a sua absorção. Deve-se evitar o uso concomitante do magnésio com antibióticos, bifosfonatos, bloqueadores dos canais de cálcio, relaxantes musculares e diuréticos poupadores de potássio.

 

APRESENTAÇÃO

60 comprimidos.

Marcas Destaque